Mostrando postagens com marcador Casa e Decoração. Mostrar todas as postagens

Qual Processador de Alimentos é Melhor?

Qual Processador de Alimentos é Melhor?

Qual Processador de Alimentos é Melhor e o Mais Indicado.


Processador de alimentos são ótimas opções para quem deseja ter em casa um aparelho capaz de auxiliar no preparo de diversas receitas, mas que não tome muito espaço na cozinha. Eficientes, esses equipamentos oferecem uma série de funções que permitem picar, triturar, misturar, fatiar, ralar e até fazer sucos deliciosos, extraindo com eficácia a polpa da fruta. Práticos, a maioria dos modelos conta com lâminas, batedores e recipientes que se encaixam na hora de guardar, facilitando o armazenamento. Há diversos tipos de processador de alimentos disponíveis no mercado, cada um com características específicas.

Saiba mais sobre esse incrível tipo de eletrodoméstico.

Tipos de Processador de Alimentos:

Miniprocessador
Esse modelo de processador de alimentos apresenta dimensões reduzidas e normalmente é composto por um único recipiente. Mais simples e compactos, os miniprocessadores são ideais para cozinhas pequenas, pois não ocupam muito espaço, e para quem não costuma preparar receitas em grandes quantidades. A maioria dos modelos conta com lâmina de aço inoxidável e tem como função básica a opção de triturar os alimentos. Além disso, a capacidade desses aparelhos gira em torno de 300 ml.

Multiprocessador
Os multiprocessadores são aparelhos mais completos. A maioria dos modelos oferece uma grande quantidade de funções e atua como batedor, cortador, espremedor, fatiador, liquidificador, moedor, ralador e triturador. Esse tipo de equipamento possui ainda outros acessórios, como lâminas para diferentes cortes, copo de liquidificador com filtro, kit para espremedor e espátula. Além disso, eles permitem o preparo de uma maior quantidade de alimentos.

Funções do Processador de Alimentos:

Batedor
Por meio dessa função, o processador de alimentos é capaz de bater os ingredientes como uma batedeira. Para isso, o equipamento normalmente conta com um acessório especial em forma de pá. Essa função é muito útil para o preparo de bolos e massas.

Cortador
Essa função é perfeita para picar frutas, legumes, verduras, carnes e outros alimentos sólidos, poupando tempo na hora de preparar pratos como saladas, sopas e refogados.

Espremedor
Os processadores de alimentos que oferecem a função de espremedor são ideais para quem gosta de preparar sucos de frutas cítricas. Basta encaixar o acessório responsável por extrair a polpa da fruta no equipamento para desfrutar de sucos 100% naturais.

Fatiador
Essa função permite realizar cortes precisos, obtendo fatias homogêneas de frios, legumes, carnes e outros alimentos. Essa função também é ótima para preparar cortar maçã, limão, laranja, carambola e outras frutas em fatia. Muito útil para decorar pratos e drinques.

Liquidificador
Os processadores com esse tipo de função contam com acessórios específicos, como jarra para liquidificador e filtro. Por meio desse recurso é possível preparar vitaminas, sucos e massas leves, com rapidez e praticidade.

Moedor
Alguns modelos de processadores de alimentos permitem moer alimentos sólidos como carnes, castanhas, nozes, amendoim, entre outros. Essa função é ideal para o preparo de recheios de tortas e pães.

Ralador
Essa função também auxilia no preparo de recheios, mas é especialmente útil para receitas que precisam de queijo ralado como pizzas e pratos gratinados.

Conheça Algumas Marcas Conhecidas no Buscapé: Processador de Alimentos

Batedeiras? Saiba Tudo e Dicas Importantes

Saiba tudo sobre Batedeiras

Saiba tudo sobre Batedeiras: Qual e como escolher?


A batedeira é um forte aliado para todos os cozinheiros, não importa se você é recém casada(o) ou é avó e quer fazer um bolo para os netos. A batedeira vai estar presente em diversas receitas, e por isso é importante muito cuidado para escolher a melhor das batedeiras.

Comprar um produto cheio de recursos não significa automaticamente que suas receitas vão ficar mais saborosas.

Na hora de escolher a batedeira ideal é sempre importante levar duas coisas em conta consigo: Necessidade e Praticidade. É preciso saber usar cada uma das funções oferecidas pelo equipamento e melhor ainda, se essas funções estão acima ou abaixo da sua expectativa e real necessidade na cozinha.

As batedeiras costumam vir com diversas pás, ou batedores, que servem para alcançar pontos diferentes de liga.

As batedeiras mais comuns:

Batedeiras de massas leves – É o estilo de batedeira mais apropriado para receitas com consistência mais suave, como bolos, mousses, molhos e recheios e geral. São mais práticas e contêm poucos números de velocidade.

Batedeiras de massas médias – De estilo achatado, é ideal para bater massas de consistência mediana, como massas simples e ingredientes mais consistentes. À medida que aumenta a velocidade da batedeira, a tigela se move mais rapidamente. O controle de velocidade de rotação permite misturar os ingredientes de forma homogênea com facilidade.

Batedeiras de massas pesadas – São as famosas batedeiras planetárias. Para aquelas massas de consistência mais pesada, como biscoitos amanteigados, pães, pizzas e pastéis, o batedor em formato de gancho é indicado para que o resultado fique com o sabor e aparência de um quitute feito por profissionais. Os batedores possuem movimento de rotação e translação, misturando a massa com total homogeneidade. Podem chegar a ter cinco velocidades que podem ser selecionadas em um botão rotativo com textura suave, base antiderrapante e porta-fio.
Batedeira KitchenAid Stand Mixer

As batedeiras são compostas de várias peças e batem uma variedade de alimentos. Para manter o aparelho funcionando adequadamente, não se deve deixar de considerar as práticas simples de uso. Usar o tipo certo de batedeira para a sua necessidade é imprescindível assim, você poderá manter sua criatividade na cozinha em ação por muitos anos.

Conheça Alguma Marcas Conhecidas de Batedeiras no Buscapé: Batedeiras

Processador de Alimentos: Saiba qual o mais adequado

Processador de Alimentos: Saiba qual o mais adequado

Processador de Alimentos: Saiba qual o mais adequado para a sua casa


Os processadores de alimentos são ótimas opções para quem deseja ter em casa um aparelho capaz de auxiliar no preparo de diversas receitas, mas que não tome muito espaço na cozinha. Eficientes, esses equipamentos oferecem uma série de funções que permitem picar, triturar, misturar, fatiar, ralar e até fazer sucos deliciosos, extraindo com eficácia a polpa da fruta. Práticos, a maioria dos modelos conta com lâminas, batedores e recipientes que se encaixam na hora de guardar, facilitando o armazenamento. Há diversos tipos de processador de alimentos disponíveis no mercado, cada um com características específicas.

Saiba mais sobre esse tipo de eletrodoméstico.

Tipos de Processador de Alimentos:

Miniprocessador
Esse modelo de processador de alimentos apresenta dimensões reduzidas e normalmente é composto por um único recipiente. Mais simples e compactos, os miniprocessadores são ideais para cozinhas pequenas, pois não ocupam muito espaço, e para quem não costuma preparar receitas em grandes quantidades. A maioria dos modelos conta com lâmina de aço inoxidável e tem como função básica a opção de triturar os alimentos. Além disso, a capacidade desses aparelhos gira em torno de 300 ml.

Multiprocessador
Os multiprocessadores são aparelhos mais completos. A maioria dos modelos oferece uma grande quantidade de funções e atua como batedor, cortador, espremedor, fatiador, liquidificador, moedor, ralador e triturador. Esse tipo de equipamento possui ainda outros acessórios, como lâminas para diferentes cortes, copo de liquidificador com filtro, kit para espremedor e espátula. Além disso, eles permitem o preparo de uma maior quantidade de alimentos.

Funções do Processador de Alimentos:

Batedor
Por meio dessa função, o processador de alimentos é capaz de bater os ingredientes como uma batedeira. Para isso, o equipamento normalmente conta com um acessório especial em forma de pá. Essa função é muito útil para o preparo de bolos e massas.

Cortador
Essa função é perfeita para picar frutas, legumes, verduras, carnes e outros alimentos sólidos, poupando tempo na hora de preparar pratos como saladas, sopas e refogados.

Espremedor
Os processadores de alimentos que oferecem a função de espremedor são ideais para quem gosta de preparar sucos de frutas cítricas. Basta encaixar o acessório responsável por extrair a polpa da fruta no equipamento para desfrutar de sucos 100% naturais.

Fatiador
Essa função permite realizar cortes precisos, obtendo fatias homogêneas de frios, legumes, carnes e outros alimentos. Essa função também é ótima para preparar cortar maçã, limão, laranja, carambola e outras frutas em fatia. Muito útil para decorar pratos e drinques.

Liquidificador
Os processadores com esse tipo de função contam com acessórios específicos, como jarra para liquidificador e filtro. Por meio desse recurso é possível preparar vitaminas, sucos e massas leves, com rapidez e praticidade.

Moedor
Alguns modelos de processadores de alimentos permitem moer alimentos sólidos como carnes, castanhas, nozes, amendoim, entre outros. Essa função é ideal para o preparo de recheios de tortas e pães.

Ralador
Essa função também auxilia no preparo de recheios, mas é especialmente útil para receitas que precisam de queijo ralado como pizzas e pratos gratinados.

Conheça Algumas Marcas Conhecidas no Buscapé: Processador de Alimentos

Aparelhos de Jantar Saiba Tudo e Muito Mais

Tudo Sobre Aparelhos de Jantar

Escolhendo um dos Aparelhos de Jantar


Nada melhor para recepcionar os amigos para um jantar ou almoço, com uma mesa bem servida. O Aparelho de Jantar acaba se tornando a peça central deste tipo de ocasião. Ao escolher um conjunto para sua casa, você não se arrependerá por optar pela praticidade, ou seja, a escolha de peças de fácil reposição, limpeza e conservação. Por esta razão, é importante também, saber qual o material de fabricação, quantidade de peças do jogo e decoração das peças.
Um aparelho de jantar completo é composto pratos fundos e rasos, pratos de sobremesa, xícaras, pires, saladeiras e travessas para servir. No mercado, encontram-se jogos de 16 a 42 peças dependendo do tipo de serviço. Os materiais mais utilizados na fabricação podem variar entre porcelana, faiança, cerâmica, entre outros.

Conheça um pouco mais dos principais Aparelhos de Jantar:

Aparelhos de Jantar de Cerâmica
A cerâmica é a matéria-prima mais utilizada na fabricação de aparelhos de jantar.

Aparelhos de Jantar de Porcelana
A porcelana é um material mais nobre que quase não apresenta porosidade, impedindo, assim, aglomeração de impurezas. É um produto branco translúcido, impermeável e de alta resistência mecânica. Para reconhecer uma peça de porcelana, preste atenção no som, já que este material produz um ruído de sino ao ser tocado. Para a manutenção e limpeza das peças, é indicado apenas água, sabão e esponja macia.

Aparelhos de Janta de Faiança
Em comparação com a porcelana, a faiança é uma massa cerâmica menos resistente e mais porosa. É fabricada em temperaturas menores e possui menos quartzo em sua composição. Suas cores oscilam entre creme e bege escuro. Necessita ser esmaltada ou vitrificada por causa da porosidade, que permite a absorção de resíduos.

Agora que você já sabe tudo sobre Aparelhos de Jantar pode estar encontrando em uma loja mais próxima ou pela internet via compras online.

Conheça Alguns Modelos de Aparelhos de Jantar no Buscapé: Aparelhos de Jantar

Quem odeia limpar o forno vai adorar esse truque.

Quem odeia limpar o forno vai adorar esse truque.

Quem odeia limpar o forno vai adorar esse truque. Ele ficará brilhando como novo sem esforço.


Não é difícil encontrar fornos imundos por aí. Ninguém gosta de limpá-los, pois uma vez sujos, a limpeza dá bastante trabalho. Por causa disso, os fornos são os locais mais sujos de muitas cozinhas ao redor do mundo.

Mas na verdade não é necessário tanto trabalho assim para que o forno fique brilhando de tão limpo. Com esse truque eles se limpam praticamente sozinhos.
Nós dividimos a limpeza em duas etapas: a porta e o forno em si.

Para isso, vamos precisar de:
- ¼ copo de fermento em pó
- 250 ml de amoníaco
- 1 litro de água fervente
- Dois recipientes resistentes ao calor

A porta
1. Junte o fermento em pó com água, de modo a formar uma massa espessa.
2. Essa massa servirá para limpar o vidro.
3. É necessário deixar o fermento agir por 30 minutos no vidro.
4. Por fim, a massa com sujeira pode ser retirada com uma esponja sem esforço.

O forno
A ação começa na noite anterior do dia da limpeza:
1. O forno deve ser pré-aquecido em uma temperatura de 150°C.
2. Em um dos recipientes coloque 1 litro de água fervente.
3. No outro, os 250 ml de amoníaco.
4. Desligue o forno.
5. O amoníaco deve ser colocado na prateleira do meio. A água, embaixo.
6. Feche o forno e vá dormir.
7. No dia seguinte, misture um pouco de detergente ao amoníaco e espalhe pelo forno. Por fim, remova tudo com uma esponja e uma escova áspera.

É incrível como fica fácil limpar o forno com esse truque. Que venha a próxima limpeza.
Não esqueça de abrir as portas e janelas para deixar o vento entrar e de maneira alguma inspire o vapor de amoníaco, pois ele faz mal para a saúde. Como alternativa, é possível fazer uma papa de bicarbonato de sódio com água e espalhar pelo forno, para limpá-lo posteriormente.
Compartilhe esta ideia, que será um alívio para várias pessoas.

Liquidificador: mil e uma utilidades na cozinha

Liquidificador: mil e uma utilidades na cozinha

Liquidificador: mil e uma utilidades na cozinha

Os Eletrodomésticos facilitam o preparo das mais diversas receitas.

Todo cozinheiro que se preze não vive sem um item essencial: o liquidificador. O utensílio elétrico facilita a preparação de vários alimentos, tornando mais prático e rápido o trabalho na cozinha. Há muitos anos, era muito difícil cortar alimentos em pedaços pequenos e obter uma mistura perfeita com outros ingredientes.

Poucos estabelecimentos possuíam um aparelho similar para esse fim. Mas desde que o liquidificador foi adaptado para uso doméstico, ele é utilizado diariamente na maioria dos lares para picar, triturar e transformar os alimentos em mousses ou líquidos homogêneos. Da vitamina das crianças à sobremesa do almoço, da sopa do jantar ao bolo de aniversário, tudo é feito em poucos minutos com a ajuda de aparelhos eletroportáteis como esse.

Potência

A força do motor do liquidificador é muito importante na condução das receitas. Há modelos para todas as necessidades, que variam de 350 a 750 W. No preparo de substâncias líquidas ou cremosas, como sucos, iogurtes, milk shakes ou smoothies, não é necessária a utilização de uma grande potência. Já para triturar gelo, é preciso que o aparelho tenha lâminas de boa qualidade e força no motor.

Filtragem e velocidade

Além do design arrojado, diversos modelos de liquidificadores já possuem um filtro integrado à tampa da jarra, que funciona como um coador. O acessório facilita especialmente a preparação de sucos e vitaminas, pois permite coá-los ainda dentro do aparelho, separando semente e bagaço e permitindo que apenas a parte líquida seja armazenada dentro do copo, que pode ser de vidro, plástico ou inox.

Na hora de escolher o liquidificador, também é bom estar atento às velocidades disponíveis. Dependendo do ingrediente inserido em seu interior, é necessária uma potência mais fraca ou mais intensa. Algumas receitas orientam ainda a mudança de velocidade durante o processo de mistura. É ideal que o aparelho tenha ao menos 3 opções de velocidade.
Muitos aparelhos têm também a função pulsar, bastante útil para quebrar alimentos sólidos. Mas vale lembrar que é imprescindível cortá-los em pedaços menores antes de acionar as lâminas. Se for um legume de consistência mais densa, como a cenoura, é recomendado picá-lo de forma grosseira e ir inserindo aos poucos dentro do copo. Isso evita forçar o motor e ajuda a preservá-lo em perfeitas condições.

Limpeza e conservação

Os liquidificadores modernos têm suas partes e acessórios removíveis, por isso, o processo de limpeza costuma ser realizado sem dificuldades. Deve-se lavar copo, filtro e tampa utilizando um detergente neutro e enxaguar. Antes de limpar a base, é preciso retirar o aparelho da tomada. A peça deve ser higienizada apenas com o auxílio de um pano úmido, evitando o uso de produtos abrasivos ou palhas de aço, os quais podem danificar sua aparência.

Se os resíduos gordurosos não saírem na lavagem normal, a dica é banhar as peças com água quente algumas vezes, até que estejam 100% limpas. Muitos modelos de liquidificador têm a função autoclean. Nesse caso, basta colocar um pouco de água com sabão líquido até a altura indicada pelo fabricante no copo e pressionar a opção pulsar 2 ou 3 vezes.

Conheça Algumas Marcas Conhecidas no Buscapé: Liquidificador

Decoração: Miniaturas de Barcos e Navios

Miniaturas de Barcos e Navios

Decoração: Miniaturas de Barcos e Navios


As miniaturas realmente estão tomando conta da decoração. São encontradas em todos os ambientes e conquistam olhares admirados.

Não é diferente com as miniaturas de barcos, navios, fragatas, lanchas e veleiros. Agora elas ganham espaço em qualquer decoração, não precisando necessariamente ser em estilo náutico.

Os apaixonados por mar e pesca com certeza irão adorar poder decorar com miniaturas de suas paixões.

Decoração: Miniaturas de Avião

Miniaturas de Avião

Decoração: Miniaturas de Avião


Os apaixonados por avião com certeza irão se encantarem com essas miniaturas de avião. Cheias de detalhes e muito parecidas com os modelos reais de avião elas encantam a todos com tanta precisão.

Para muitos o sonho de voar agora também pode fazer parte da decoração do lar, sendo exposto em cima de balcões, prateleiras e aparadores.

As miniaturas não se limitam a ser colocadas em um só cômodo, pelo contrário, são muito versáteis e podem ser trocadas de ambiente a qualquer momento, dando um diferencial a decoração.

Decoração: Miniaturas de Motos

Miniaturas de Motos

Decoração: Miniaturas de Motos


Para os apaixonados por andar sobre duas rodas, ter miniaturas de motos é praticamente obrigatório. Essas peças realmente fazem toda a diferença na decoração da sua casa ou escritório.

Devido as suas semelhanças e muitas vezes cópia fiel das motos de verdade, elas chamam a atenção dos visitantes atentos. Impressionando até mesmo as pessoas acostumadas com decoração de alto nível.

A delicadeza das peças contraste com sua forte construção em ferro, capaz de resistir aos maiores impactos. Legal ainda é sua versatilidade, pois pode compor qualquer ambiente com classe sofisticação.

Panelas: Escolha a panela certa para suas receitas

Panelas: Escolha a panela certa para suas receitas

Escolha a panela certa para suas receitas

Indispensáveis para cozinhar, fritar, assar e ferver qualquer tipo de alimento, as panelas são utensílios necessários nas cozinhas. A depender da finalidade, podem apresentar diversas funções, tamanhos e modelos. Com a utilização das mais adequadas ao tipo e quantidade de alimento, a comida adquire sabor, qualidade e pode ficar pronta de uma maneira prática e rápida.

Frigideiras

Com esse tipo de panela, é possível fritar, cozinhar e assar os alimentos com praticidade e rapidez. Feitas de alumínio de alta espessura e qualidade, também são revestidas de material antiaderente, que impede a comida de grudar no fundo. Geralmente apresentam formato redondo e cabos anatômicos e antitérmicos, garantindo uma maior segurança na hora de manuseá-las. Contam com fundo especial que distribui o calor de maneira uniforme. Para que o produto não seja danificado, é recomendado o uso de utensílios feitos de madeira, nylon ou silicone.

Caçarolas

O modelo, que pode apresentar um cabo ou duas alças, é ideal para cozinhar grandes quantidades de alimento. Por serem muito largas, são usadas no preparo de cozidos, guisados e refogados. Normalmente redondas e feitas de resistente aço inox, possuem tampa que pode ser feita do mesmo material ou de vidro. Por isso, o vapor do cozimento é liberado discretamente. O desenho liso e sem cantos evita o acúmulo de resíduos e facilita o manuseio e a limpeza.

Caldeirões

Mais altos que as caçarolas, os caldeirões também comportam grande quantidade de alimento. Recomendados para quem deseja cozinhar caldos, massas e feijoadas. Apresentam uma menor área de evaporação, fazendo com que os alimentos acumulem uma maior quantidade de água. Também podem possuir um cabo ou duas alças.

Panelas de pressão

Muito utilizadas na cocção de alimentos mais duros, que requerem maior tempo para cozinhar. Nas panelas de pressão, a temperatura atinge cerca de 120 °C, acima do ponto de ebulição da água, que é de 100° C. Por possuírem tampas e permanecerem fechadas durante o preparo, conservam o calor em seu interior, fazendo com que a pressão aumente. 

Por causa do vapor considerável que produzem, são equipadas com válvulas de segurança. É necessário manter o fogo baixo enquanto estiverem cozinhando o alimento e conferir se estão produzindo o barulho que sinaliza a saída do vapor. Caso não aconteça, é possível que as saídas estejam entupidas, e isso aumenta o risco de estourarem, oferecendo perigo de queimadura.

Chaleiras

São mais utilizadas para ferver rapidamente líquidos como água, chá e chimarrão, por possuírem pouca capacidade de volume. As mais tradicionais são feitas de alumínio ou aço inox e apresentam cabo antitérmico. Alguns modelos mais modernos funcionam a base de eletricidade, eliminando a necessidade do fogão. Enquanto ligadas, mantêm a temperatura. Também são equipadas com luz indicadora de preparo, para quando o líquido atingir a temperatura máxima.

Leiteiras

Específicas para ferver leite, que também entra em ebulição quando atinge os 100° C, apresentam em alguns casos a borda mais larga que o corpo. Isso evita o transbordamento. O leite não ferve da mesma maneira que a água, pois, é composto também de gordura, proteínas e outras substâncias. Por isso, durante o processo de antes de alcançar a temperatura necessária para que fique livre de bactérias, uma película impermeável de nata se forma. Com isso, o vapor não sai e o conteúdo da leiteira não chegará ao ponto certo. É necessário tirar essa camada para que o processo seja finalizado.



Panela elétrica: qual é o modelo ideal?

Confira modelos diferentes de panelas elétricas que atendem a necessidades específicas na hora de cozinhar


Panela elétrica: qual é o modelo ideal?

Acordar com pão bem quentinho e feito na hora, fritar batata e não deixar aquele cheiro na cozinha e fazer comida gostosa sem usar óleo. Bem-vinda ao maravilhoso mundo das multifuncionais e superpráticas panelas elétricas!

Panela elétrica: qual é o modelo ideal?

1. Muito prática
Esta panela é muito fácil de ser transportada, tornando-se uma alternativa em viagens para casas de veraneio na praia ou no campo. Permite o preparo do trivial, como arroz e refogados, para acompanhar uma salada no verão, ou sopas e até fondue para destinos de inverno. Num churrasco, por exemplo, ela mantém o arroz quentinho durante todo o evento e ainda prepara petiscos como linguiça acebolada. Panela Elétrica Cuisine Logic da Electrolux.

2. Não faz sujeira na cozinha
Promete frituras sequinhas e crocantes sem fazer sujeira e sem deixar cheiro na cozinha. Frita qualquer tipo de alimento. A panela tem um suporte de metal e pode ser levada diretamente à mesa. Fritadeira Elétrica Dora Cotherm.
Panela elétrica: qual é o modelo ideal?

3. Faz pão e massas!
Esta panela tem 12 programas para preparar pães e bolos e ainda faz massas para pizza, roscas, biscoitos e até sonhos! Dá para programá-la com até 13 horas de antecedência. Assim, o pão fica pronto na hora de acordar. Pane Mattino Cadence.

4. Barato e eficaz
Fácil de usar e limpar, esta panela prepara vários tipos de arroz. Além disto, mantém o alimentado aquecido por várias horas. Panela Elétrica da Dellar.

Panela elétrica: qual é o modelo ideal?

5. Deixa o Arroz soltinho
Com capacidade para quatro xícaras de arroz, tem sistema de aquecimento automático e luzes indicadoras de funcionamento. Faz diversos tipos de arroz e vem com colher e copo medidores. Panela PA1 Elétrica de Arroz Britânia.

6. Desliga com a comida pronta!
Com 4 litros de capacidade, a panela faz cozimento de até 12 horas. Dispensa o uso de óleo ou gordura. Prepara arroz, carne e legumes. Panela para Cozimento Lento Hamilton Beach.
Panela elétrica: qual é o modelo ideal?

7. É multifuncional!
Panela com várias funções, tem 1.200 W de potência. Vem com tampa de vidro, controle de temperatura e chapa lisa antiaderente! Panela multifuncional. Mondial.

8. Boa pra dietas
Ótima para quem está de dieta. Como o cozimento é feito por meio de vapor, os alimentos não precisam de óleo. É possível preparar grãos, legumes, frutas, ovos, mariscos, carnes e aves, tudo ao mesmo tempo. Tem timer pra programar o tempo de cozimento, além de desligamento automático. Panela Elétrica a Vapor Bom Gosto Logic.
Panela elétrica: qual é o modelo ideal?

9. Churrasqueira pra grelhar no Fogão!
Aromatizada por um pedaço de carvão vegetal, não deixa a carne com gosto de gás. O utensílio faz churrasco na chama do fogão, sem espalhar fumaceira pela casa. Grelha até dez espetos simultaneamente a cada 15 minutos, em média. Churrasqueira de fogão Giragrill.